♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você ♥ ♥ ♥ Namastê a você que veio ao Mundo da Poesia # O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você

sábado, 1 de agosto de 2020

E nasceu o Ostra da Poesia2

Minha reverência aos Trovadores Líricos do Ostra da Poesia. Aos seguidores e visitantes deste meu singelo recanto nauta meu abraço fraternal. E com minha chamada inicial de sempre dou por REINAUGURADO o Ostra da Poesia, recanto das ondas criado em 2010 para reunir os Poetas e Poetisas. Estamos em um momento difícil, uma tal de pandemia, que impingiu o bicho homem ao chamado isolamento social, que nos leva a duas situações: isolar e se acabrunhar ou isolar produzindo, estimulando a mente... Foi ai que voltei as minhas criações no mundo blogueiro e dentre os tantos blogs criados nestes quase sei lá anos de navegação decidi recriar o Ostra, blog que me deu tantas alegrias, pois ele estava em stand by desde 2015. 
E porque o Ostra da Poesia? Porque amo poesia e em assim sendo espero fazer o Salão Pérolas brilhar e brilhar com muitos escritos melodiosos. Uma Ostra de Roupinha nova, mas com a mesma essência: FAZER A POESIA EXALAR SEU PERFUME PELAS ONDAS DA NET.
Estarei esperando ansiosa os primeiros 16 poetas e poetisas a pisarem neste solo amado, gentil 😀 
E mesmo que apareças aqui só por curiosidade não deixe de olhar cada página do Menu ai do lado, principalmente quem tenciona participar da brincadeira, sim é uma brincadeira, uma ciranda cirandinha, e de suma importância clicar na pagina REGRAS DO CONCURSO, ok! Agora vou sentar em minha poltrona dourada imaginária e esperar muitos e muitos sininhos a fazerem tim tim na caixa do meu e-mail 😂
LEMBRANDO PARA QUEM JÁ LEU AS REGRAS E PARA QUEM NÃO LEU 
A BRINCADEIRA PEDE UM TEMA PARA SER DESENVOLVIDO 
Abraço fraternal em todos e até o dia 16 de agosto!

MURAL

Cantinho para um recadinho - Não Vote Aqui